[ editar artigo]

A consultoria de imagem que completa o marketing pessoal

A consultoria de imagem que completa o marketing pessoal

De que vale definir estratégias de marketing pessoal que nos tornam um “produto” desejado, e para ser desejado deve ter um conteúdo que requer muito trabalho e dedicação, sem nos preocuparmos com a imagem?

 

A consultoria de imagem já existe nos EUA há mais de 30 anos e, no início, dirigia-se quase exclusivamente à figuras públicas, como os políticos. Neste meio, a muito tempo que se percebeu a importância fulcral da imagem na comunicação pessoal.

Por exemplo, um acessório muito simples, como é o caso da cor da gravata e o impacto que tem na imagem, é escolhida criteriosamente tendo em conta a mensagem que se quer passar e a perceção que se pretende dos eleitores. Veja-se o caso do Presidente Donald Trump, que usa com frequência uma gravata vermelha que simboliza poder, domínio e autoridade. É a sua imagem de marca.

 

A imagem comunica? Claro que sim!

 

Até que ponto as primeiras impressões podem ser determinantes?

Uma das ferramentas para comunicar a nossa marca pessoal é a nossa imagem. Através da imagem pessoal transmitimos imensas mensagens, algumas conscientes, outras inconscientes. Temos uma fração de segundos para criar uma boa primeira impressão, pelo que a imagem pessoal, ou seja, a forma como nos vestimos, como cuidamos do visual e escolhemos os acessórios, diz muito mais do que talvez imaginamos. Através da imagem pessoal mostramos a nossa autovalorização, o que é importante para nós, a importância que damos aos pormenores e o respeito pelos outros. Uma imagem bem cuidada aumenta a nossa autoconfiança e simultaneamente contribui para uma maior confiança que as pessoas têm em nós.

O corpo é a nossa ferramenta de comunicação mais pessoal e forte que temos, que nenhuma rede social pode substituir! Daí a importância da Consultoria de Imagem no desenrolar de todo este processo de aprendizagem e posicionamento que o marketing pessoal se responsabiliza trazendo outras estratégias.

 

Confira AQUI o texto inédito também escrito por mim no Portal da Ponto Pessoal

 

Que imagem projetamos?

Pensemos na imagem como um pacote onde nos mostramos aos demais, não só em termos de conteúdo, mas como apresentação. O conteúdo trata do que somos, a personalidade reflete-se no entusiasmo da voz, no olhar brilhante, nas palavras e comportamentos que expressam ideias e ações.

Muitas vezes olhamos para os outros e interrogamo-nos porque escolhemos determinadas pessoas em detrimento de outras, é essencial termos consciência das nossas qualidades, aquilo que nos faz especiais e únicos, e acima de tudo descobrirmos onde podemos fazer a diferença, tendo em conta quem somos e aquilo que nos valoriza, e saber como comunicá-las junto das pessoas ou empresas que são importantes para nós.

 

A imagem é a porta que abrimos aos outros para mostrar quem somos e o que queremos fazer.

O marketing pessoal é a lembrança que fazemos com nossas ações e imagem que faz com que as pessoas nos busquem pelo que fazemos e somos.

 

A imagem marca-nos e o marketing pessoal consolida essa marca.

 

 

Clube Ponto Pessoal
Sónia Cristina Paiva
Sónia Cristina Paiva Seguir

Consultora e Especialista em Marketing Pessoal, Responsável pela Unidade de Negócio da Ponto Pessoal, em Portugal. Consultora de Imagem e Personal Shopper, Vice Presidente da Associação Portuguesa de Consultores de Imagem e Personal Shopppers -APCIPS

Ler matéria completa
Indicados para você