[ editar artigo]

Marketing pessoal na transição de carreira

Marketing pessoal na transição de carreira

Foi-se o tempo em que permanecer na mesma empresa era normal e sinal de crescimento profissional. Atualmente mudar de empresa ou até mesmo área de atuação é muito mais comum do que se imagina, o mercado de trabalho ficou muito mais dinâmico e a busca por trabalhar com aquilo que se ama ficou mais forte.

Quando feita com planejamento a transição de carreira pode ser compreendida como uma boa gestão profissional, porém, quando feita de supetão pode ocasionar mais frustração do que era esperado. Sei que nem sempre conseguimos prever essa mudança, às vezes pode ocorrer uma crise no setor que você trabalha e ao ser reposicionado ou até mesmo demitido você desiste de continuar na sua área de atuação. Pode acontecer de você iniciar um trabalho na área de formação e perceber que não era aquilo que imaginava. Existem inúmeros motivos pessoais ou profissionais que podem levar uma pessoa a fazer uma transição de carreira.

Muitas vezes não imaginamos que aquela mudança ocorreria na nossa vida, quando percebemos estamos mais envolvidos com outras áreas e acabamos descobrindo um novo campo para atuar e desenvolver habilidades. Comigo foi assim, desde os 15 anos sonhava em ser uma profissional na área de tecnologia e isso realmente aconteceu, atuei na área, me dediquei ao máximo e nunca imaginava que faria uma mudança repentina na minha carreira. Porém, ao me apaixonar por consultoria de imagem percebi que não tinha mais volta, meu lado empreendedora falou mais alto e a vontade de trilhar novos caminhos aumentou cada dia mais. Depois de muito planejamento decidi que seria a hora de fazer acontecer.

É importante entender que fazer a mudança de percurso na sua profissão não envolve apenas você. Deve-se conversar bastante com as pessoas que moram juntas de você e elas devem participar do seu replanejamento de vida.

Mas, o que o marketing pessoal tem a ver com a sua mudança de carreira? Reposicionamento no mercado.

Tudo que você viveu até hoje não foi um desperdício

Quando você sai de uma área para atuar em outra totalmente diferente existe uma grande chance de você achar que tudo o que fez até ali foi em vão e foi inutilizado. Uma das coisas que o processo de marketing pessoal te apresenta é que independente da sua nova área você sempre será fruto daquilo que exerceu até o momento. Você enxerga o mundo sob a lente da sua profissão atual e qualquer aprendizado que você teve pode te ajudar a ter uma perspectiva diferenciada no seu novo emprego.

Uma consultora de imagem que antes atuava na área de psicologia vê a consultoria pelo lado psicológico e terapêutico. Uma consultora de imagem que antes atuava na área de RH tem uma perspectiva mais profissional das suas clientes. Uma consultora de imagem que atuava na área de TI tem uma visão mais automatizada do processo e isso pode ajudar no seu crescimento no mundo digital. Por aí vai...

Entenda quem é você

Outra parte do processo de marketing pessoal que nos ajuda a estruturar uma nova carreira é entender qual seu perfil comportamental. Durante essa avaliação você entende qual será seu verdadeiro papel dentro do seu novo caminho e quais pessoas e perfis você deve trazer para perto com o intuito de te ajudar a crescer cada dia mais. Independente da sua mudança ser de empresa, cargo ou para trabalhar sozinha e construir um negócio, você precisa de pessoas para te apoiar, não dá para construir nada sozinho e cada pessoa colocada próximo a você terá um papel a desempenhar no seu crescimento.

Atualize seu mundo digital

Aos poucos você deve entender que independente da sua mudança o mercado em geral precisa conhecer seu novo perfil profissional, por isso você deve avaliar qual a melhor mídia social para começar a mostrar essa mudança. As pessoas com quem você mantém contato precisam saber da sua nova versão. Se você fez uma mudança de empresa ou cargo é importante a atualização do seu LinkedIn, lembrando que tudo que você fez até o momento precisa estar registrado, pois você não deixou de ser aquele profissional de antes, apenas expandiu sua atuação. Se sua mudança levou a criação de um negócio entenda que estar nas redes sociais é importante para sua visibilidade e você deve trabalhar para sua aparição nas mesmas.

É importante criar novas conexões dentro desse seu novo universo, criar contatos, fazer parcerias, acompanhar grandes profissionais da sua nova carreira. Isso o motiva a enfrentar as pedras no caminho que provavelmente irão aparecer.

Entenda sua nova área

Dentro do plano de marketing pessoal é possível aprender o que a sua nova carreira pode te entregar como possibilidades e saber exatamente quais competências e conhecimentos podem agregar valor e criar seu diferencial. Entender o campo de atuação é importante não somente para quem quer criar um negócio mas também para quem está mudando de empresa ou cargo. Quando você se coloca diante de um desvio na sua área profissional novas pessoas são colocadas no seu convívio, nova rotina, novos desafios e o plano de marketing faz você estudar previamente o que poderá aparecer nesse trajeto.

Crie um planejamento

Se você estava atuando em uma área e de repente mudou o curso natural das coisas com certeza precisará de um novo plano. O processo de marketing pessoal te ajuda a traçar esse novo plano e criar um caminho mais assertivo para você trilhar. A partir do momento que você compreende quais são suas habilidades, como elas influenciam na sua nova versão e para onde elas podem te levar, você começa a enxergar um mar de possibilidades e de resultados que deseja criar para sua nova área.

O planejamento não deve se basear apenas onde você quer chegar mas também em como você vai deixar sua marca registrada durante o percurso, a partir desse ponto você aprende para quais situações deverá dizer sim ou não, quais portas deverão ser abertas e quais deverão ser fechadas. Muitas vezes na transição de carreira as pessoas se sentem perdidas por não saberem como lidar com essa nova proposta na vida e acabam aceitando todas as oportunidades que aparecem. Ao saber exatamente qual postura deve ter dentro do seu mercado, você começa a agir de acordo com seus valores e seus objetivos.

Seja em um ambiente virtual ou físico, seu comportamento, sua fala, sua imagem criam um posicionamento sobre quem você é e como você atua. Por isso um bom plano de marketing pessoal faz você ser lembrado de forma coerente com suas novas estratégias. Aquele medo de não conseguir se destacar, não conseguir mostrar seu diferencial é perdido a cada dia, pois você age de acordo com seus objetivos. Seu desejo de se mostrar cada dia mais dentro da sua nova profissão se torna mais forte e natural.

Aprimore seus conhecimentos e deixe as pessoas do seu convívio a par dos acontecimentos. A mudança de carreira precisa ser trabalhada não apenas em você mas nas pessoas que são intimamente afetadas por ela. Seu marido, esposa, filhos, filhas precisam te incentivar durante esse processo e vale deixar claro qual seu plano de crescimento e como você está disposto(a) a fazer tudo isso acontecer.

A transição de carreira não é algo impossível e não desfaz tudo que você colheu até hoje. Quebre o mito de que não pode viver ou ganhar dinheiro com aquilo que você ama. Permita-se criar novas possibilidades dentro da sua carreira e viva com intensidade cada novo caminho trilhado. 

Ler matéria completa
Indicados para você