[ editar artigo]

Paixão e Profissão!

Paixão e Profissão!

Já que estamos no mês dos namorados, vamos refletir um pouco sobre paixão.

Afinal do que se trata estar apaixonado?  Nas definições do dicionário encontramos: “que ou aquele que está dominado por paixão amorosa, por amor intenso e profundo; enamorado” ou então “que ou aquele que denota paixão, arrebatamento; exaltação”.

Já a palavra Paixão é definida como: “um sentimento humano, marcado pelo grande interesse e atração da pessoa apaixonada por outra pessoa”.

Arrebatamento, exaltação, interesse profundo são expressões que podemos aplicar na nossa vida profissional?

Com certeza! me dirá aquela pessoa que se sente estimulada, plena e feliz com sua atividade profissional. Já aquela que não sente tanta satisfação no que faz, poderá dizer que estes substantivos não possuem nenhuma afinidade entre eles.

Mas e você como se sente em relação à sua profissão e carreira?

Acredito que a satisfação profissional vem do fato de gostarmos daquilo que fazemos e de percebermos valor no nosso trabalho.

Já a paixão vai além disso. Estar apaixonado é estar encantado e feliz com a atividade que escolhemos como profissão. Claro que em qualquer trabalho sempre teremos dias difíceis, desafios, dificuldades e até mesmo fracassos mas, nada tira o encanto daquilo que amamos.

O apaixonado vai acordar sempre motivado a vivenciar mais um dia fazendo aquilo que lhe traz alegria.  Vai enxergar nas dificuldades, desafios a superar e se sentir ainda mais estimulado.

Brilho no olho é como gosto de definir este encantamento; a luz que visualizamos naqueles que entendem seu trabalho não só como uma obrigação mas como uma fonte inesgotável de realização, aprendizado, crescimento e felicidade.

Podemos nascer com esta paixão, encontra-la ao longo da jornada ou mesmo desenvolve-la quando entendemos o valor e a satisfação que o dever cumprido pode nos proporcionar.

Valorizar cada passo, cada escolha, cada conquista é uma boa maneira de começar a experimentar a sensação de prazer profissional. Mergulhar fundo em cada etapa da caminhada e aprender a gostar do que se faz, também contribui.

Mas independente da origem, assim como nos relacionamentos a paixão precisa ser alimentada e cultivada para que evolua e se torne amor!

Bora se apaixonar!!!

Clube Ponto Pessoal
Marcia Correa
Marcia Correa Seguir

Consultora e Palestrante nas áreas de Gestão Estratégica; conhecendo o Marketing Pessoal

Ler matéria completa
Indicados para você